Vendas de carretas da nova geração Titanium devem ser ampliadas em 20% neste ano, impulsionadas por produtos customizados para a realidade do modal de transporte de cidades como Manaus.

Operações de trechos curtos, que unem polos industriais e agrícolas a portos fluviais. É nessa realidade do setor logístico do norte brasileiro, que a Noma, uma das principais fabricantes de implementos rodoviários do País, vem ampliando seu marketshare, graças ao sucesso de seus Porta Containers da Geração Titanium, produzidos com diferenciais específicos para a região.

De acordo com os últimos dados oficiais deste 1o trimestre de 2021, disponibilizados pela Anfir (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários), a Noma possui atualmente expressivos 57% de Market share no Estado do Amazonas, no mercado de Porta Containers. O sucesso deve-se ao crescimento nas vendas da Geração Titanium, realizadas em 2020 e neste início de ano.

Quem confirma esses dados é João Luiz Oliva Pinto, diretor da Porto Caminhões (concessionária Iveco), e das empresas Oliva Pinto Locações e Oliva Pinto Logística. “Graças aos benefícios gerados pela customização proposta pela engenharia da Noma, desenvolvendo um produto ‘Padrão Amazonas’, os porta containers estão conquistando novos clientes e a expectativa é fecharmos 2021 com cerca de 20% de crescimento”, prevê o executivo, que há um ano passou a ser o distribuidor oficial da Noma no Amazonas e em Roraima, onde também espera ampliar suas vendas.

O Padrão Amazonas ao qual ele se refere é um produto que atende as características de um tráfego rápido, de trechos curtos, que une pequenos polos industriais e agrícolas a portos fluviais, já que na região não há extensas estradas. As carretas são utilizadas em rotatividade contínua, em um mesmo cavalo, causando desgastes específicos, quando comparados com a operação de implementos que rodam em outras regiões do país.

Para mitigar os desafios, os porta Containers Titanium enviados ao Amazonas, chegam com inovações que reforçam a proteção dos anteparos de freios, e principalmente na suspensão, com a liga de chassis alcançando índices de robustez significativa. “É um produto com vida útil elevada, capaz de evitar quebras precoces que são recorrentes com implementos convencionais em nossa região”, destaca Oliva Pinto.

Grande player

Ano passado, a gigante multinacional Maersk adquiriu 90 Porta Containers Titanium, nas versões 20 e 40 pés, em uma concorrência vencida pela Noma, tendo os melhores players do mercado como concorrentes. A empresa de logística atua fortemente no transporte de grades cargas, tanto de insumos, como de produtos acabados, atendendo diversos clientes de uma cadeia de mais de 600 empresas que compõem o polo industrial do Amazonas.

Noma

Fundada em 1967, em Maringá (PR) a empresa é uma das maiores fabricantes de implementos rodoviários da América do Sul, reconhecida por oferecer as carretas mais leves e robustas do mercado. A empresa, 100% brasileira, possui uma das mais qualificadas redes de distribuição do setor, com 33 lojas em todo o país. Sua estrutura conta com quase mil colaboradores que atuam em uma planta industrial de 175 mil metros quadrados.

Noma
Amanajé Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui