A pandemia causou muitas perdas e foi um período turbulento para os negócios, mas durante o período muitos empreendedores conseguiram alavancar suas empresas e ganhar mais espaço no mercado. Algumas startups e fintechs passaram a oferecer serviços e produtos que assessoram outras modalidades de negócios e pessoas físicas.

A iCertus está entre esses casos. Criada por Fabio Ieger, apaixonado por tecnologia e empreendedorismo, a empresa curitibana está em plena expansão e traz para reforçar o seu time Felipe Varejão, de 37 anos, líder de vendas SaaS em startups escaláveis. Após anos empreendendo, desenvolveu e liderou as operações de referências no mercado como o G4 Educação, I.Systems, Skore, entre outras.

Varejão explica que a meta é estruturar todo o time de Vendas e Customer Success para atender a uma demanda reprimida de serviços financeiros efetivos que a iCertus traz em seu software de gestão. “Nosso próximo passo é aumentar ainda mais a visibilidade da empresa e viabilizar uma ótima experiência de uso do iCertus”, relata.

Atualmente um dos principais serviços oferecidos pela iCertus é a antecipação de recebíveis, que permite a empresas receberem o valor cheio de uma nota parcelada com uma tarifa amigável, diferente dos bancos tradicionais. Segundo Felipe, os clientes da startup já compreendem essa funcionalidade como otimizadora de vendas. “Quem utiliza o nosso sistema consegue disponibilizar aos seus clientes um sistema que pague no melhor fluxo financeiro para eles, e assim receber o valor total cerca de 30 minutos após a emissão da nota fiscal — as taxas de antecipação partem de 0,5%, enquanto nos bancos tradicionais varia entre 8 e 11%”, comenta.

As fintechs do País têm o desafio de ter segurança para apoiar as indústrias. Muitos empreendedores, por terem uma visão rasa de suas operações financeiras, para se manterem saudáveis e seguros, acabam optando por taxas de juros proibitivas. “Encontramos na visão de dados de operações de quem utiliza o ERP iCertus uma forma de gerar um score para sinalizar o quão segura será uma transação caso o cliente necessite antecipar a transação. Para isso, estruturamos um algoritmo criptografado, totalmente seguro e que se utiliza de Inteligência Artificial que calcula esse score em tempo real: em 15 segundos, a antecipação solicitada é validada”, destaca.

Varejão finaliza destacando um ponto importante do produto oferecido pela startup. “Quanto mais a indústria usa o ERP, mais inteligente ficamos sobre as transações futuras e conseguimos agir de forma preventiva para evitar problemas e desfalques nas finanças das empresas”, finaliza.

O iCertus proporciona ao usuário uma experiência agradável e intuitiva, utilizando ícones de fácil compreensão, com telas simplificadas e com todas as informações em um só lugar. Com relatórios de fácil compreensão, auxilia na tomada de decisões. Agregado a isso, diversos serviços financeiros, como antecipação de recebíveis e empréstimos de capital de giro. A cada dia, a empresa inova e inclui a inteligência artificial para ajudar cada vez mais a pequena indústria. Recebeu investimentos da Bossa Nova, de João Kepler e Pierre Schurmann; e da IVP, de Fabricio Bloisi e Bruno Rondani e João Bezzera, ex-CTO do Banco Itaú; Poli Angels, de Rozallah Santoro, Marco Poli, entre outros, além de passar pela aceleração da Baita Aceleradora, na Unicamp. Para mais informações, acesse https://www.icertus.com.br.

iCertus
Carolina Lara Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui