Os três estudantes vencedores da edição 2021 do Talento Volkswagen Design passam a ser estagiários do time de Design da marca a partir do ano que vem

A Volkswagen dá as boas-vindas aos novos talentos do time de Design da marca no Brasil. Paulo Oliveira, Bruno Luiz Rigonatti e Caio Araújo França são os grandes vencedores da 23ª edição do Talento Volkswagen Design, e terão a oportunidade de estagiar por um ano junto ao time de Design da Volkswagen do Brasil, em São Bernardo do Campo, São Paulo, no maior grupo do setor automotivo do mundo.

O processo seletivo deste ano teve início em julho, com a temática “Volkswagen Heroes”, enquanto a marca convidava cada participante a olhar para a sua realidade e desenvolver uma proposta de um produto Volkswagen que contribuísse para melhorar o seu próprio dia a dia. Paulo e Bruno agora ocupam as duas vagas na área de Shape Design, que tem como objetivo desenvolver o exterior e interior dos veículos, sempre com foco nas proporções, formas e funções, atrelando beleza e eficiência. Já Caio garantiu uma vaga em Color & Trim, que é responsável pelas cores, acabamentos internos e materiais, sempre tendo como base as tendências de moda, arte, arquitetura, lifestyle, tecnologia e inovação.

O Talento Volkswagen deste ano estreou com uma novidade: foi a primeira vez que os participantes puderam ter um contato mais próximo com o time de design. Na fase inicial, de inscrição, os candidatos enviavam um material visual em formato livre e também contavam sobre seus gostos e interesses pessoais. Mais adiante era possível interagir com outros participantes e também com os designers da Volks. Nesta fase eles também recebiam feedbacks dos materiais anteriormente compartilhados. A última fase era marcada pelo envio do Projeto Heroes e por entrevistas e apresentações de projetos finais revistos, escolhidos pelo próprio time de design, além de jornalistas automotivos convidados. O anúncio dos vencedores foi feito no último dia 19 de novembro.

Projeto Multiverse, por Caio Araújo França

Foram três tentativas em edições anteriores até que o paulistano de 23 anos tivesse seu projeto escolhido. Aluno da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Caio foi o vencedor da vaga em Color & Trim com o Projeto Multiverse, que tinha como objetivo potencializar o serviço Sign&Drive da marca, supondo o cenário de 2030, e oferecer acabamentos e funções voltadas para vários públicos apaixonadas por carros, mas com necessidades diferentes. Em sua criação, os clientes teriam a oportunidade de encontrar um automóvel que se comunicasse diretamente com seus estilos de vida, tudo isso oferecendo acabamentos e funções especiais. “Desde criança sempre desenhei carros e tenho uma história automotiva muito forte com a Volkswagen. Fazer parte do design de uma empresa que sempre admirei muito para mim é indescritível”, conta.

Projeto ID Memory, por Paulo Oliveira

Os “heróis” do projeto do estudante Paulo Oliveira, de 27 anos, são os músicos. A ideia do aluno da Universidade Cruzeiro do Sul, que conquistou a primeira vaga de Shape & Design, foi pensar em um automóvel que poderia se transformar em um palco, em um estúdio de gravação, e até num bar de música ao vivo com direito a um balcão, tudo inspirado nos pais, que são músicos. Nascido no interior do Paraná, o estudante pretende agora tirar proveito do contato com o time de design e se mostra orgulhoso de seu projeto vitorioso depois de duas tentativas no concurso. “Quero trabalhar e aprender o máximo que eu puder. Propus um conceito que atendesse mais às expectativas do tema e acho que consegui”, comenta ele, dedicando a vitória aos pais. “Minha mãe me ajudou muito e meu pai acreditou em mim mesmo nunca vendo o projeto, já que é deficiente visual”, finaliza.

Projeto VW Hórus, por Bruno Luiz Rigonatti

O novo estagiário da segunda vaga de Shape & Design participa do concurso desde 2018. Chegou à semifinal duas vezes e outras duas à final. Bruno é persistente, paulistano de 24 anos, estudante da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, e criador do projeto VW Hórus, que tinha como proposta um ecossistema de energia limpa a partir de um cenário de colapso ambiental e pobreza de recursos naturais para produção de energia. A ideia do tema surgiu a partir das constantes faltas de energia na região onde vive, em Embu das Artes, em São Paulo. Bruno também sugeriu um automóvel Station wagon com motor central, pensando em proporções e funcionalidades diferentes a partir de uma plataforma elétrica. “O design automotivo é uma área extremamente restrita e o melhor lugar para poder aprender e viver a experiência é na Volkswagen”, comemora.

Volkswagen do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui