Unidade da empresa na capital pernambucana concentra atividades de treinamento e comerciais, além do Projeto Social voltado à jovens da região

Neste mês, a Honda completa 15 anos de presença na cidade de Recife (PE). As atividades se iniciaram em novembro de 2006 com a inauguração do Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), na capital pernambucana. Em linha com o lema global “Segurança para Todos”, a unidade concretiza o compromisso da Honda em proporcionar segurança e confiança para motociclistas, motoristas e demais agentes que compartilham as vias públicas.

Com foco em promover atividades voltadas a segurança no trânsito, o CETH oferece treinamentos e palestras para profissionais que atuam diretamente na formação de novos motociclistas, como os instrutores de moto escolas e CFCs, bem como parcerias com empresas privadas e órgãos públicos, como o Corpo de Bombeiros, o Detran, a Polícia Militar e as Forças Armadas, instituições que utilizam a motocicleta como ferramenta de trabalho e necessitam de técnicas aprimoradas para o atendimento rápido à população.

“A Honda sempre enxergou a educação como peça fundamental na construção de uma mobilidade mais segura para a sociedade. Em nossa unidade do CETH Recife, já promovemos diversas ações de treinamento e conscientização ao longo dos quinze anos que estamos na capital pernambucana, possibilitando que mais de 100 mil pessoas fossem impactadas pelas atividades locais”, comenta Alexandre Cury, Diretor Comercial da Honda Motos.

Em conjunto com as unidades de Indaiatuba (SP) e Manaus (AM), mais de 350 mil pessoas já foram treinadas pela Honda, reforçando o papel dos Centros Educacionais de Trânsito como referência na promoção de atividades em prol de um trânsito mais seguro.

Além disso, a cidade de Recife também é sede de um dos dois Centros de Treinamentos que a Honda mantém no país. Ali, são replicados conteúdos técnicos com o objetivo de aperfeiçoar a atuação das equipes no atendimento ao cliente e prestação de serviços pós-venda, realizados nos 1.300 pontos de venda da Honda no país.

O Nordeste concentra o maior número de vendas de motocicletas Honda, com aproximadamente 33% do total que é comercializado no Brasil, e mais de 38 mil profissionais da região já foram treinados por meio das atividades promovidas pelo Centro de Treinamento.

Face à importância econômica da região Nordeste e a localização estratégica da unidade, a Honda iniciou, em 2015, algumas atividades administrativas no escritório instalado na capital pernambucana.

Atualmente, além do time Comercial, responsável por coordenar a operação de vendas de motocicletas e produtos de força junto às concessionárias locais, A Honda também mantém um depósito de peças em Jaboatão dos Guararapes (PE), com o objetivo de obter maior sinergia e eficiência nas operações de distribuição de peças de reposição.

Incentivo à educação

Nas instalações do Centro de Treinamento, em Recife, a marca ainda promove uma importante iniciativa: o Projeto Social Honda.

Como um reconhecimento da importância da educação na formação individual, desde 2007, a Honda oferece o Curso de Formação de Profissionais para moradores da região de Recife (PE), com idade entre 18 e 20 anos.

Com o objetivo de prepará-los para o mercado de trabalho, os alunos contam com diversos treinamentos e recebem aulas teóricas e técnicas de mecânica de automóveis e motocicletas, além de módulos orientativos sobre vendas, técnicas de negociação, saúde, relações familiares, informática, segurança no trânsito, entre outros.

Honda no Brasil: Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, que completa 45 anos de existência em 2021, ao lado da CG, o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 25 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, administradora de consórcios referência no mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados e, pouco tempo depois, em 1997 a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP). A segunda planta de automóveis da marca, construída na cidade de Itirapina (SP), foi inaugurada em 2019 e concentrará, a partir de 2021, toda produção dos modelos locais, enquanto a unidade de Sumaré se consolidará como centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de produtos, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda. Atualmente, 2 milhões de automóveis da marca já foram produzidos em solo nacional. Durante esses anos, a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1.300 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica das plantas de automóveis no interior de São Paulo e do escritório na capital paulista, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil.

Honda do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui