Marca soma 265 mil carros conectados ativos no Brasil, o que representa avanço de mais de 30% em relação ao ano anterior, enquanto o segmento de autos registrou crescimento de 3% no mesmo período

O isolamento social acelerou o processo de digitalização durante a pandemia e a conectividade avança não apenas entre os aparelhos eletrônicos, mas também com os automóveis. Líder em inovação, a Chevrolet registrou em 2021 recorde com sua frota de carros conectados ativos. Ao todo, são 265 mil clientes apenas no Brasil usufruindo de serviços como o Wi-Fi veicular, o OnStar e o myChevrolet app – este montante de usuários representa um incremento superior a 30% em relação ao ano anterior, ou 10 vezes mais que o ritmo de crescimento do mercado de automóveis e comerciais no país.

A relação mostra como a conectividade está ganhando ainda mais importância dentro do universo da mobilidade, mesmo com os gargalos globais enfrentados pela cadeia de fornecedores que atingem outros segmentos do mercado também.

“Os serviços conectados crescem de maneira exponencial porque o motorista já qualificou o quanto eles agregam no que se refere à comodidade, praticidade e, principalmente, tranquilidade. Tanto que um dos maiores benefícios trazidos pela tecnologia está na maior segurança aos passageiros”, explica Jaime Gil, diretor de Serviços Conectados da GM América do Sul.

O próprio Bluethooth, considerado o pontapé da conectividade, nasceu para trazer mais segurança. Afinal, ele permite que o motorista atenda chamadas de telefone pelo sistema de áudio do veículo sem tirar as mãos do volante e os olhos da estrada. O segundo nível veio com a chegada do Android Auto e Apple Car Pay, possibilitando a projeção de aplicativos do smartphone na tela do veículo.

A Chevrolet foi igualmente pioneira ao apresentar o primeiro carro nacional com telemática avançada OnStar. Como esta tecnologia estabelece a conexão via internet do automóvel com uma central de atendimento, quando acontece um acidente mais grave, a ocorrência com a geolocalização é imediatemente infomada e os atendentes entram em contato com os ocupante para entender qual tipo de socorro se faz necessário.

Manutenção em dia também traz mais sossego às pessoas. Pelo fato de o OnStar fazer parte da arquiterura eletrônica do automóvel, ele é capaz de identificar possíveis anomalias e a proximidade do momento de revisões. De 2020 para 2021, as manutenções periódicas sinalizadas via OnStar cresceram 70%, sendo que mais de 27 mil proprietários fizeram seu agendamento online. Mais de 1,1 milhão de diagnósticos sobre as condições do veículo — como troca de óleo e pressão de pneus — foram enviados aos proprietários.

O OnStar também emite alertas para o WhatsApp do usuário, caso ele assim deseje. O uso intenso deste canal de relacionamento com os clientes também se destacou no ano passado. Foram enviados mais de 220 mil alertas de revisão aos clientes e mais de 15 mil alertas de bateria com baixo nível de carga, a maioria por deixar o carro sem uso por períodos prolongados, situação comum em época de isolamento social. Aqui, usuários que seguiram as orientações do OnStar evitaram ter de recorrer à assistência técnica ou de adquirir uma bateria nova. Ninguém, numa emergência, gostaria de se deparar com um carro que não tem energia para dar a partida no motor.

Outra funcionalidade do OnStar disponível é a atualização remota de sistemas eletrônicos do veículo via OTA (over the air). O processo é semelhante ao que ocorre com smartphones e permite melhoramentos sem que o motorista precise necessariamente se deslocar até uma concessionária para realizar o serviço.

Atualmente todo portfólio de novos produtos da Chevrolet oferece serviços de conectividade, desde o superesportivo Camaro até o compacto Onix. O modelo de entrada da marca passou recentemente a trazer OnStar também para as versões intermediárias (RS, LTZ e Midnigh). Antes, era exclusividade da configuração mais sofisticada, a Premier. O Onix juntamente com o Tracker são os atuais campeões de vendas em seus respectivos segmentos e os que lideram os índices de digitalização da marca. De suas unidades equipadas com a tecnologia, 98% deles têm o sistema ativo. O público familiar e o perfil antenado dos consumidores contribuem para este fenômeno.

Próximo da totalidade também é o percentual de veículos roubados localizados pelo OnStar. Isto porque, assim que a central é informada e autorizada, ela inicia o rastreamento e pode até fazer o bloqueio do motor para facilitar as buscas por parte das autoridades. O caso do furto de um veículo de uma concessionária Chevrolet em Belém (PA), em setembro, ganhou repercussão nacional pela rápida recuperação do automóvel graças a este sistema.

Depois do Wi-Fi e myChevrolet app, vem aí os aplicativos nativos de streaming

O OnStar irá completar sete anos no mercado brasileiro e representa o terceiro nível de conectividade. A telemática avançada trouxe consigo outro benefício interessante: a possibilidade de comandar funções do veículo à distância pelo smartphone ou smartwatch. Travar e destravar as portas, fazer um check-up dos principais sistemas do veículo e consultar a quilometragem são algumas das funcionalidades mais acessadas pelos usuários, assim como dar a partida remota para pré-climatizar a cabine. Um conforto que foi acessado mais de 400 mil vezes no último ano.

“Muitas famílias utilizam um mesmo automóvel e acham importante que informações como a localização e o estado de manutenção do veículo possam ser compartilhados por um determinado grupo através de senhas. Assim, pelo aplicativo, dá para verificar se há combustível suficiente no tanque antes de uma viagem, como é possível verificar se o carro já chegou ao seu destino”, exemplifica Gil.

A tecnologia mais recente é o Wi-Fi nativo. Chegou ao Brasil com o Cruze 2020 e hoje se transformou em um dos produtos mais desejados pelo consumidor. A primeira razão é o sinal de internet 4G até 12 vezes mais estável, em função das antenas amplificadas da Chevrolet. Até sete aparelhos simultâneos podem ser pareados à rede própria do veículo. Este serviço é muito útil para quem utiliza com frequência aplicativos como Waze, Spotify e WhatsApp e não quer sofrer com muita oscilação de sinal.

O Wi-Fi nativo também é valorizado por clientes que dependem de internet móvel para trabalhar e não querem ficar consumindo o plano de dados do smatphone. Fundamental para a agricultura de precisão, este recurso faz muito sucesso na picape S10, a preferida do agronegócio.

A procura pelos planos de Wi-Fi veicular da Chevrolet também apresenta crescimento. Ao todo foram vendidos mais de 8 mil pacotes de dados por mês no último ano. Sendo que, de cada 100 carros conectados da marca, 95 deles estavam atrelados a um plano com pacote de dados móveis. Um índice realmente impressionante.

Uma curiosidade: o Nordeste foi a região do país que registrou a maior utilização dos serviços de Wi-Fi nativo da Chevrolet, representando 13% de todo consumo de dados da frota, seguida pela região Centro Oeste, com 9,5%.

O Wi-Fi nativo representa o quarto nível de conectividade, o mais avançado do mercado, e está disponíveis em veículos equipados com o OnStar de nova geração.

Na Chevrolet, determinados serviços conectados são gratuítos, como o de atualização e diagnóstico remotos além de notificações de manutenção. O OnStar é atualmente comercializado em dois pacotes. O Connect dá acesso, entre outros, ao aplicativo myChevrolet, enquanto o Protect conta, por exemplo, com resposta automática em caso de acidente, serviços de emergência e recuperação veicular. Já o Wi-Fi tem planos de 2GB, 5GB, 10GB e 20GB, para atender consumidores com diferentes perfis.

O próximo passo em relação à conectividade são os aplicativos de streaming Spotify e a assistente Alexa nativos ao multimídia MyLink de veículos Chevrolet sem a obrigatoriedade do pareamento do sistema com um aparelho externo para fornecer sinal de internet. O recurso vai estrear em breve com o Novo Equinox.

Esta solução chega em um momento em que cada vez mais pessoas valorizam conteúdo personalizados, no formato e horário mais condizentes para elas. Os serviços por demanda rapidamente se popularizaram e já estão disponíveis para smartphones, para as TVs residenciais. Agora vão transformar a experiência a bordo nos automóveis.

O ritmo avançado de crescimento dos serviços conectados Chevrolet acompanham a demanda por veículos cada vez mais tecnológicos pelo mercado.

*Imagem de abertura – Pelo myChevrolet app é possível comandar funções do veículo pelo smartphone.

General Motors América do Sul

________________________________________________________________________

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui