Os dados da FGV são conclusivos. Em apenas um ano, o mercado de teatro musical brasileiro movimentou 12.824 empregos, gerou R$131 milhões em tributos, e trouxe o impacto econômico de mais de R$1 bilhão na economia ao encantar um público de 1.091.673 pessoas pelo país.

No momento de pandemia, em que o segmento segue paralisado e sem previsão de retomada gerando incerteza à toda cadeia produtiva, surge o Dreamcast, um projeto beneficente que busca disseminar um formato de entretenimento e interação com o público, proporcionando uma experiência única e inovadora, além de injetar recursos em um segmento estagnado, proporcionando renda para os profissionais do mercado envolvidos no projeto e arrecadar fundos para campanhas e instituições que buscam colaborar com os profissionais da cultura atualmente sem renda.

Sendo um verdadeiro festival online, voltado aos amantes dos espetáculos musicais, o Dreamcast contará com apresentação de 45 números exclusivos de 30 títulos diferentes, totalizando mais de 6 horas de apresentação, que serão divididas entre os dias 18, 19 e 20 de setembro, sempre às 20h.

A Bela e a Fera. Foto: João Caldas.

Os ingressos para os shows virtuais podem ser adquiridos através do site da Sympla https://www.sympla.com.br/eventos?s=Dreamcast e o valor arrecadado será destinado ao Fundo Iasmine – uma campanha que busca levantar fundos para apoiar técnicos que trabalham nos bastidores do teatro musical brasileiro, cuja fonte de renda foi suspensa por tempo indeterminado por conta da crise do COVID-19.

Mamma Mia. Foto: Dede Fedrizzi

Idealizado pela Lab Cultural, de José Toro, Diego Montez e Robert Lima, todos aqueles que adquirirem seus lugares na plateia virtual do Dreamcast – com ingressos que custam por dia R$15,00 ou R$30,00, para aqueles que puderem doar mais ao projeto – receberão no e-mail usado na compra um link para a transmissão que será feita através da plataforma oficial do Teatro Riachuelo Rio.

A Pequena Sereia. Foto: João Caldas,

Para realizar a transmissão online e respeitar os protocolos da OMS e Ministério da Saúde, parte das gravações do festival foram realizadas anteriormente em um estúdio. Todas foram feitas individualmente, respeitando um intervalo de tempo e presença de um único músico na sala.

Les Miserables. Foto: Marcos Mesquita.

Com uma programação totalmente escolhida pelo público através das redes sociais, os números musicais dos espetáculos foram divididos da seguinte maneira

18 de setembro – O Fantasma da Ópera, Wicked, Les Miserables, O Despertar da Primavera, A Pequena Sereia, A Chorus Line, A Bela e a Fera, Mamma Mia, Evita, Cabaret, Hairspray, A Noviça Rebelde e In The Heights;

19 de setembro – Cazuza – Pro Dia Nascer Melhor, Isso que é Amor, 2 Filhos de Francisco, Se Essa Lua Fosse Minha, As Cangaceiras, Gonzagão – A Lenda, Rapsódia, Lembro Todo Dia de Você, Elza, Brilha La Luna, 7 – O Musical e Vingança;

20 de setembro – Mean Girls, Waitress, Six, Dear Evan Hansen, Hadestown, Waitress, Dreamgirls, Legally Blonde, Hamilton, Newsies, Aladdin e Frozen.

Wicked. Foto: Marcos Mesquita.

Para comandar o Dreamcast, o mestre de cerimônia será o ator e cantor Tiago Abravanel, acompanhado dos comentaristas Diego Campagnolli e Paula Flabiann, ainda participam do projeto uma verdadeira constelação do teatro musical com nomes fundamentais, entre eles Myra Ruiz, Nando Pradho, Fred Silveira, Jeniffer Nascimento, Fabi Bang, Andrezza Massei, Thiago Arancam, Sara Sarres, Ivan Parente, Gottsha, Malu Rodrigues, Diego Montez, Kacau Gomes, Mateus Ribeiro, Letícia Soares, Carol Costa, Thuany Parente, Thiago Machado, Carol Botelho, Tiago Barbosa, Helga Nemetik, Roberta Jafet, Ana Luiza Ferreira, Clara Verdier, Leo Bahia, Bruna Pazinato, Raquel Paulin, Bruno Sigrist, Bel Lima. Confira a lista completa abaixo.

“A ideia do Dreamcast surgiu há 2 anos. É um projeto que sempre tivemos interesse em realizar presencialmente, mas diante da situação que estamos passando, acreditamos que seja o melhor momento para lançá-lo e contribuir com o nosso segmento. Ele foi criado para promover uma interatividade com o público, além de ser uma união de forças para auxiliar os profissionais do nosso segmento que nem sempre estão reverenciando o público ao final de um espetáculo, mas é também graças aos seus esforços que se pode realizar a magia do teatro musical”, comenta José Toro, idealizador do Dreamcast.

Lista completa, em ordem alfabética, de artistas que participarão: Ana Luiza Ferreira, Andrezza Massei, Anna Akisue, Bel Lima, Bruna Pazinato, Bruno Sigrist, Carol Amaral, Carol Botelho, Carol Costa, Carol Roberto, Clara Verdier, Daniel Haidar, Davi Tápias, Diego Martins, Diego Montez, Dudu Ejchel, Fred Silveira, Gabi Camisotti, Gigi Debei, Gottsha, Helga Nemetik, Ivan Parente, Jeniffer Nascimento, Júlia Sanches, Kacau Gomes, Kiara Sasso, Lara Suleiman, Leo Bahia, Letícia Soares, Lucas Colombo, Malu Rodrigues, Marcella Bártholo, Maria Brasil, Maria Clara Rosis, Mariana Montenegro, Marianna Alexandre, Mateus Ribeiro, Myra Ruiz, Nando Pradho, Nicolas Ahnert, Paulo Gomiz, Pedro Ogata, Raquel Paulin, Roberta Jafet, Roberto Justino, Robson Lima, Sara Sarres, Saulo Vasconcelos,Tabatha, Tauã Delmiro, Thiago Arancam, Thiago Machado, Thuany Parente, Tiago Barbosa, Verônica Goeldi, Victor Leal, Vitor Moresco e Yasmin Lifer.

Equipe Criativa
Roteiro e Direção: Diego Montez e André Gress
Direção Musical: Marcelo Castro
Idealização e Direção de Produção: José Toro
Produtor: Robert Lima
Direção de Arte e Vídeo: Léo Rocha
Designer Gráfico: Eduardo Juffer
Coordenação de Comunicação: Ana Bia Matos
Realização: Lab Cultural

Redes Sociais Dreamcast
https://www.instagram.com/dreamcastlive
http://www.dreamcastlive.com.br

Imagem de abertura. Simba. Foto: João Caldas

Motisuki Public Relations

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui