Par de jarrões, de fabricação dos irmãos Nast, no início do século XIX, na França, época que não era possível fazer alças e adornos para as peças de porcelana sem que fossem de bronze dourado. Os irmãos Nast revolucionaram a indústria com a criação desses elementos, também de porcelana, como se bronze fossem. Os dois jarrões, de 72 cm de altura e inteiramente de porcelana, os quais irão a leilão no dia 22 de setembro, são considerados, de acordo com a Dutra Leilões, empresa que organiza o evento on-line, a quintessência da arte dos irmãos Nast.

Luiz Fernando Dutra, leiloeiro há mais de 30 anos, informa que, em função da pandemia, aqueles que desejarem visitar a exposição, e aproveitar a oportunidade para admirar todas as belas e raras peças do leilão, durante o período de exposição, poderão fazê-lo com hora agendada. As datas e horários para visitação são de 12 a 21 de setembro, entre 14h e 20h.

Os leilões virtuais já vinham sendo realizados há algum tempo. Mas, segundo Luiz Fernando Dutra, com a pandemia acabaram por se constituir uma excelente alternativa de não só adquirir novas obras de arte como também ter uma experiência inusitada nessa época de confinamento.

Também serão levados a leilão, dentre outras peças, uma belíssima coleção de Imagens dos séculos XVII e XVIII, com destaque para Imagens do Aleijadinho, Frei Agostinho de Jesus, Mestre Valentim. Além do par de jarrões, diversas outras peças que pertenceram a Família Imperial brasileira; mobiliário dos séculos XVIII e XIX; tapeçaria francesa do século XVII.

Para maiores informações: http://dutraleiloes.com.br

Vervi Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui